Horus

Câmbio

Acompanhe a cotação das moedas internacionais e planeje melhor sua viagem.

Carregando...
fechar

Acesse sua conta

E-mail/Login
Senha
Esqueceu sua senha?
Prosseguir

Pirâmides do Egito - História, Características e Como Visitá-las?

Egito! Dúvido que ao ler essa palavra, a imagem de uma Pirâmide não tenha vindo à sua mente. Pois é, sem dúvidas, as Pirâmides de Giza são os mais icônicos símbolos do país e uma das visitas mais cobiçadas por viajantes do mundo inteiro. Quem não sonha conhecer a última maravilha do mundo antigo de pé?
De acordo com dados do Breaking Travel News, aproximadamente 15 milhões de pessoas a visitam anualmente. 
Mas, apesar de serem as Pirâmides mais famosas, as Pirâmides de Giza não são as únicas 3 pirâmides do Egito. De acordo com o Wikipedia, 118  já foram identificadas. Mas, afinal o que são elas? E porque as de Giza são as mais famosas? Vem que vamos contar!


Quer viajar para o Egito? Então monte o seu pacote de viagem 5 estrelas com a Hórus!
 

 

O Que São as Pirâmides do Egito?

Embora muita gente pense que elas foram um local de adoração, na verdade, as Pirâmides de Giza são templos mortuários. 

 

Segundo o History Channel, durante a terceira e quarta dinastias do Reino Antigo, o Egito desfrutou de uma tremenda prosperidade e estabilidade econômica. Os reis, que hoje chamamos de faraós, ocupavam uma posição única na sociedade.
Em algum lugar entre o humano e o divino, acreditava-se que eles haviam sido escolhidos pelos próprios deuses para servir como seus mediadores na terra. Por causa disso, era do interesse de todos manter a majestade do rei intacta, mesmo após sua morte.

 

Os lados lisos e angulares da pirâmide simbolizavam os raios do sol e foram projetados para ajudar a alma do rei a subir ao céu e se juntar aos deuses, particularmente o deus do sol Rá.
Os antigos egípcios acreditavam que, quando o rei morria, parte de seu espírito (conhecido como “ka”) permanecia com seu corpo. Para cuidar adequadamente de seu espírito, o cadáver era mumificado, e tudo que o rei precisaria na vida após a morte era enterrado com ele, incluindo vasos de ouro, alimentos, móveis e outras oferendas.
Apesar das pirâmides do Egito antigo continuarem de pé, os tesouros que ela guardava, bem como as múmias nunca foram encontradas, foram saqueados em algum momento da história. 

Qual a História das Pirâmides do Egito?

Desde o início da era dinástica, 2950 a.C, os túmulos reais eram esculpidos em rochas e cobertos por estruturas conhecidas como mastabas, que foram mais adiante as precursoras das Pirâmides.
Vê-se claramente essa evolução, ao visitar a Pirâmide mais antiga da qual se tem conhecimento no Egito, a Pirâmide de Saqqara - ou Pirâmide de Degraus - construída para o Rei Djoser. 
De início era uma mastaba típica, mas seu arquiteto Imhontep, tornou o projeto mais ambicioso. Ao longo do reinado de Djoser, que durou 20 anos, foram construídas seis camadas de pedras em degraus, totalizando 62 m de altura. 

A mais alta edificação de seu tempo. 

Após Djoser, as
pirâmides escalonadas se tornaram a regra de sepultamento no Egito Antigo. Entretanto, vários projetos não se concluíram, muito provavelmente devido a curtos reinados que se sucederam.
Finalmente em 2589 a.C., surgiu a primeira pirâmide de lados lisos perfeita. E não estamos falando de nenhuma das de Giza. Estamos falando da Pirâmide Vermelha em Darshur, construída para o Rei Sneferu. 

Assim como a Pirâmide de Sakara e as do Complexo de Giza, ela permanece de pé e pode ser visitada. 

Darschur está próximo a Saqqara, há uma distância de aproximadamente 30km de Giza. Apesar de estarem próximas, aconselhamos a não programar a visitação de todas elas em um mesmo dia, devido ao horário de fechamento das atrações, o que tornaria as visitas corridas.

Agora, chegamos enfim às
Grandes Pirâmides de Giza. As evidências apontam que Quéops, o construtor da grande pirâmide de Giza, seja filho de Sneferu. Utilizando a engenharia de seu pai, construiu a maior Pirâmide do Egito: a Pirâmide de Quéops, ou ainda, a Pirâmide de Khufu.
Logo após, vieram as Pirâmides de Quéfren ou Khafre e Miquerinos ou Menkaure, filhos e netos de Queóps que construíram as duas outras pirâmides de Giza, mas menores que seu ascendente. 


Como as Pirâmides Foram Construídas?

Apesar de muitas teorias, ainda permanece o mistério. Como era possível subir blocos de pedra de mais de 2 toneladas a alturas de 100 metros, sem ajuda de qualquer maquinário, guindaste ou tecnologia?
A teoria mais plausível, no entretanto, é de que os egípcios enterravam os arredores das pirâmides conforme ela era construída. Esse aterro era feito com tijolos, terra e areia em plano inclinado, e os blocos de pedra eram içados por essa rampa que era construída gradativamente por meio de trenós, roldanas e alavancas. 
Além disso, eram jogados óleo e água na areia para que o bloco de pedra deslizasse mais facilmente. 
Segundo o historiador grego Heródoto, a Grande Pirâmide de Quéops levou 20 anos para ser erguida por 100 mil homens. Supõe-se ainda, que esses trabalhadores, eram homens do campo e trabalhavam na construção das
pirâmides apenas durante as cheias do Nilo, quando não havia trabalhos agrícolas a serem feitos. 

 

Quais São as Características das Pirâmides do Egito?

Todas elas foram construídas com granito (internamente) e calcário (revestimento externo que não existe mais). 

 

Qual a Altura das Pirâmides do Egito?

Pirâmide de Quéops: a primeira a ser construída e maior delas que originalmente 146,5 metros de altura, entretanto atualmente possui apenas 138,8m.
Estima-se que na construção da Grande Pirâmide foram utilizados 5,5 milhões de toneladas de calcário e 8 mil toneladas de granito.

 

Pirâmide de Kefren: a segunda a ser construída, possuía originalmente 143 metros de altura, hoje possui 136,4m. Está situada em uma rocha 10m mais alta do que a Grande Pirâmide, o que vendo de longe a faz parecer mais alta. 

Pirâmide de Miquerinos: a última a ser construída, possui altura de 65m, e atualmente tem 61m. 

 

Como É o Interior de Uma Pirâmide do Egito?

Muito se imagina sobre como são as pirâmides do Egito por dentro e sua energia. A verdade é que há muito pouco lá dentro. As Pirâmides de Gizé, são quase massas sólidas de pedra, com exceção das câmaras onde os reis foram sepultados. 

 

Lá eram colocados a múmia do faraó e os tesouros, entretanto, hoje ambos não se encontram mais lá. É apenas um cômodo de paredes de pedras de granito.
O interior delas é aberto a visitação e exige a compra de um ingresso separado. Entrar nelas é um pouco desafiante, uma vez que a passagem é estreita, íngreme e com pouca circulação de ar.
Para matar um pouco da curiosidade de vocês, sugerimos o vídeo do nosso passageiro Fernando MuyLoco. Ele esteve com a Hórus Viagens no início de 2021, e mostrou mais do interior das Pirâmides e como é a experiência de entrar nelas.

 

É Possivel Visitar Todas as Pirâmides do Egito?

Como mencionamos, são mais de 100 pirâmides já descobertas e algumas delas hoje se aparentam mais a um monte de pedras. Então, as pirâmides sugeridas para visitação, além das Pirâmides de Giza, são a Pirâmide escalonada de Sakara, Unas (também em Sakara), as Pirâmides de Darshur (Branca e Vermelha), Meidum e Complexo de Pirâmides de Abusir.

 

Como Eram as Pirâmides do Egito Quando Foram Construídas?

É importante lembrar que quando você visita a Grande Pirâmide de Giza hoje, você não está vendo o monumento como ele apareceu originalmente; a pirâmide pode parecer inalterada com o tempo, mas já foi ainda mais impressionante. 

Quando foi construído pela primeira vez, suas camadas ascendentes de enormes blocos de calcário - que hoje lhe dão uma aparência um tanto recortada - estavam ocultas por uma camada lisa de calcário branco e fino. 

Essa camada ocultava o núcleo da pirâmide e dava à sua superfície um acabamento liso e inclinado perfeito, com um branco brilhante à luz do sol: uma rampa para o céu, em vez de uma escada.

Parte dessa cobertura calcária foi posteriormente retirada para ser utilizada na construção de outras partes do Cairo. Outra parte, sucumbiu ao tempo. No entanto, se você olhar para o pico da Pirâmide de Kefren, ainda poderá ver um pouco de sua pedra calcária branca e fina original. 
Enfraquecida pelo tempo, sua superfície lisa e inclinada permanece intacta - uma pequena dica de como o todo um dia apareceu.
É interessante pensar que quando você está explorando o Cairo medieval, o estranho pedaço de pedra calcária que você vê pavimentando o chão, ou decorando uma parede, pode ter feito parte da grande pirâmide um dia.

 

O Que É Uma Esfinge?

Uma esfinge (ou esfinge) é uma criatura com corpo de leão e cabeça de humano, com algumas variações. É uma figura mitológica proeminente na mitologia egípcia, asiática e grega.
No antigo Egito, a esfinge era um guardião espiritual e na maioria das vezes representada como um homem com uma touca de faraó - como é a Grande Esfinge - e as figuras das criaturas eram frequentemente incluídas em complexos de tumbas e templos. 

O Que É a Esfinge do Egito?

A Grande Esfinge de Gizé é uma estátua gigante de calcário de 4.500 anos situada perto da Grande Pirâmide de Gizé, Egito. Medindo 73 metros de comprimento e 20 metros de altura, a Grande Esfinge é um dos maiores monumentos do mundo. 

O Que a Esfinge de Giza Representa?

Embora a pirâmide de Quéfren seja 3 metros menor que a Grande Pirâmide, ela é cercada por um complexo mais elaborado que inclui a Esfinge e outras estátuas. Existem várias linhas de evidência que ligam a Grande Esfinge ao Faraó Kéfren e seu complexo de templos.

Por um lado, a cabeça e o rosto da Esfinge são impressionantemente semelhantes a uma estátua em tamanho real de Quéfren que o arqueólogo francês Auguste Mariette encontrou no Templo do Vale - as ruínas de um edifício situado ao lado da Grande Esfinge - em meados de 1800.

Além disso, Mariette descobriu vestígios de uma passagem (estrada processional) que conecta o Templo do Vale a um templo mortuário próximo à pirâmide de Quéfren. No início dos anos 1900, o arqueólogo francês Emile Baraize desenterrou outro edifício (o Templo da Esfinge) diretamente em frente à Esfinge, que é semelhante em design ao Templo do Vale.

 

Como Visitar as Pirâmides de Giza?

É na planície de Gizé, onde ficam as Pirâmides do Egito. O Complexo se abre diariamente de 9h às 17h. A entrada ao Complexo tem o preço de 200 libras egípcias, incluindo também a entrada no ponto de apreciação da Esfinge.
A entrada dentro da Grande Pirâmide custa 400 libras egípcias, e a entrada nas outras duas pirâmides custa 100 libras egípcias cada. É possível também visitar as tumbas dos construtores das pirâmides por 400 libras egípcias.
Separe pelo menos 3 horas para essa visita. Em virtude da grande distância entre um ponto e outro do complexo é imprescindível um método de transporte lá dentro do complexo. Nos
pacotes de viagem para o Egito da Hórus Viagens incluímos carro privado e guia em português, para que nossos passageiros não percam nada. 
Tenha em mente, que o complexo não possui sombras nem pontos de apoio como cafés com locais para assentar e vender alimentos e bebidas. 
É possível contratar localmente passeio camelo, cavalo ou charrete. Ainda sim, o carro se faz necessário. 
É nas
Pirâmides também que acontece diariamente o Show de Luzes e Som diariamente às 19:30 e 20:30. O ingresso custa U$20.
A Raquel e o Leonardo Spencer do blog Viajo Logo Existo, esteve com a Hórus Viagens no Egito e mostram neste vídeo como é a visita completa às Pirâmides.

Como São os Arredores das Pirâmides de Giza?

De um lado das Pirâmides o deserto, do outro cidade. Diversos posts de expectativa x realidade circularam recentemente na internet, mostrando como são os arredores das Pirâmides de Giza, e frustrou muita gente saber que ela não fica isolada no meio do deserto, que de frente para ela está um caos de prédios e construções modernas. Pois é!
A boa notícia é que essas construções abrigam hotéis e restaurantes com vistas incríveis das Pirâmides de Giza. Além deles, a região tem diversas lojas e bazares de artigos típicos. E também, muitas moradias.
Os arredores como está agora, permanece por pouco tempo, uma vez que o governo egípcio já anunciou e iniciou a remodelação completa da área. Quer saber como será Giza em 2030? Eles apresentam o projeto completo aqui.
Além da remodelação completa da região que já foi iniciada, inclui a inauguração de novos museus, aeroporto, heliponto, metrô chegando até a entrada do complexo, e ônibus elétricos circulando dentro do complexo, levando de um ponto de visitação ao outro.
Quem passa hoje próximo às pirâmides já pode ver a construção do Grand Egyptian Museum em estágio de finalização (inauguração prevista para novembro de 2021), a construção do metrô em estágio avançado e a avenida principal interditada também já em reforma. 
Também consta nos planos, dar prosseguimento as escavações em locais próximos às
pirâmides, onde hoje estão os prédios. Acredita-se que ainda há muito a descobrir debaixo deles. 

 

É Possível Visitar as Pirâmides do Egito Sem Guia?

É possível, mas não recomendamos. Não precisa dizer que ir sem guia o fará perder muitas curiosidades do local, conhecimento, além de tempo e alguns ângulos e locais que só eles podem lhe mostrar. 
Mas, mais do que isso, a região das Pirâmides como o vídeo do Viajo Logo Existo mostra, tem muitos vendedores e pessoas tentando aplicar pequenos golpes em turistas. Estar sem guia local é praticamente um atrativo para eles. Ísca fácil. 
Mesmo que você seja “duro na queda” e não caia nas investidas, acreditem, eles são persistentes e podem não te dar sossego durante toda a visita. Imagina estar em uma das maravilhas do mundo e não poder apreciar o momento porque tem um monte de gente em cima de você? Pois é, o guia funciona também como repelente de aproveitadores. 

Conclusão

As Pirâmides de Gizé são as mais famosas de todas elas, não só por serem as maiores, mas por terem sobrevivido a mais de 4 milênios praticamente intactas. E, para visitá-las é necessário planejamento e contar com suporte profissional e especializado.
 
 

>
Cookie
Uso de Cookies
Este site utiliza cookies para que você tenha a melhor experiência como visitante. Caso concorde com nossa Política de Cookies, clique em aceitar para continuar navegando.
Aceitar
Política de Cookies
O que são cookies? Os cookies são ficheiros criados pelos Websites que visitou e que armazenam informações, tais como as suas preferências em relação ao site ou informações de perfil.
Os cookies permitem, entre outras coisas, que possamos saber quais páginas ou assuntos são do nosso interesse, e assim melhorar a experiência dos visitantes do site. Tipos de cookies Técnico: Esses cookies são necessários para o funcionamento do site, porque armazenam informações importantes para tornar possível a navegação.
Analytics: Captam informações importantes para os sistemas analytics da web como Google Analytics, Piwik... Como eliminar os cookies Para isso é necessário entrar nas configurações do seu navegador de internet, veja abaixo os links com o passo a passo de como limpar os cookies nos principais navegadores.

- Google Chrome
- Internet Explorer
- Firefox
- Safari
Horus

Cadastre seu e-mail para recebeer
as nossas melhores promoções:

CNPJ: 27.766.155/0001-90
Portal desenvolvido por TZ Systems
Clique aqui e fale direto conosco através do WhastApp (32 99987-2727)